sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Semadur e MRV Engenharia desenvolvem Educação Ambiental e plantio de 1.500 mudas na Sóter

Técnicos ambientais da Semadur (Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano) e da MRV Engenharia realizaram manhã desta sexta-feira (30), Educação Ambiental Itinerante e plantio de mudas de árvores no Parque do Sóter localizado bairro Mata do Jacinto.

A Semadur realizou Educação Ambiental Itinerante no local para 30 alunos do 7º ano do Ensino Fundamental II da Escola Municipal Elpídio Reis e a MRV Engenharia realizou compensação ambiental disponibilizando 50 espécies variadas de mudas de árvores do Cerrado, totalizando o plantio de aproximadamente 1.500 mudas no Parque do Sóter.
Os alunos da Escola Municipal Elpídio Reis participaram do plantio simbólico no cinturão verde da nascente do parque com três espécies de mudas: acerola, sibipiruna e angico branco.

O Engenheiro Florestal da Semadur, Nilton Dobes Bakargi, ministrou palestra sobre a importância dos plantios das árvores no ecossistema. “Expliquei aos alunos as técnicas de plantio e a valorização que a população deve ter quanto à preservação do parque, como este plantio que está sendo realizado”, afirma.

A coordenadora da escola Daniele Brandão ressaltou que projetos ambientais no Parque do Sóter já são realizados na escola na formação de alunos conscientes na conservação do meio ambiente. “Os professores de educação física e ciências sempre lecionam aulas no parque para tratar de assuntos como biodiversidade vegetal, poluição e degradação do solo. O plantio realizado incentivará os alunos ainda mais na colaboração do meio ambiente”, destaca.

Larissa Cristina Borges, 12 anos, aluna do 7º ano acredita que todos devem colaborar e incentivar seus familiares em práticas que auxiliem a natureza. “Sem ás árvores não há sombra, elas nos ajudam também em atividades de lazer, acredito que plantar árvores é necessário também para nos fornecer frutos”, afirma.

Para Gabriele Delmontes, 12 anos, aluna do 7º ano, as árvores aumentam a beleza da cidade e do Parque do Sóter. “Muito bacana este plantio, as árvores melhoram a paisagem do parque e eu sempre ajudo a plantar”, afirma.

De acordo com o gestor ambiental da MRV Engenharia, Abadio Furtado a parceria com a Semadur é extremamente necessária para demonstrar aos alunos como é realizado o desenvolvimento ambiental das grandes construtoras. “É preciso o aumento da valorização de ações ambientais que estabelecem à população qualidade de vida e que também proporcionam bem estar também aos alunos da escola que praticam suas atividades no parque”, pontua.


Joana Lima DRT/MS 1540




quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Mês da Árvore é encerrado com distribuição de mudas na Orla Ferroviária

Encerrando as ações ambientais referentes ao mês da árvore, a Semadur (Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano) realizou Educação Ambiental Itinerante na Ocupação da Orla Ferroviária na noite de ontem (28) entre a Avenida Mato Grosso e Avenida Calógeras.

Durante todo o mês foram realizadas atividades tais como: plantio de mudas na Escola Municipal José Mauro Messias da Silva, formação continuada em Arborização Urbana, limpeza das águas da Lagoa Itatiaia e distribuição de mudas de árvores frutíferas pelo Departamento de Políticas e Sustentabilidade Ambiental da Semadur.
Na noite de ontem foram distribuídas cerca de 100 mudas de árvores frutíferas como pitanga, romã, carambola, acerola e goiaba cultivadas no viveiro municipal Flora do Cerrado.

Segundo Natalício Gonçalves, diretor do Departamento de Políticas e Sustentabilidade Ambiental da Semadur, todas as atividades foram acompanhadas por técnicos ambientais de forma a estabelecer uma cultura ambiental em favorecimento da cidade. “Ações ambientais realizadas neste mês proporcionaram à população a oportunidade de executar atividades práticas como o plantio e a orientação adequada ao cuidado das árvores”, afirma.

Aparecido José da Silva, 40 anos, artefinalista ressalta que é a segunda vez que vai até a Orla Ferroviária para buscar mudas frutíferas para plantar em seu quintal. “Acho excelente a iniciativa, no fundo do meu quintal há muito espaço que pode ser realizado o plantio de árvores, e isto que estou fazendo. Parabenizo a Prefeitura por disponibilizar diversas espécies de mudas”, destaca.

Segundo Tiana Rodrigues, 58 anos, do lar, toda a população deveria realizar mais atividades ambientais para melhoria da cidade como a arborização. “Gosto de ter pomar em casa, essa distribuição de mudas feita pela Semadur me auxilia muito. Também acredito que todos devem plantar árvores para garantirmos a melhoria na qualidade do ar e obter mais sombra na cidade”, pontua.

A Semadur segue com distribuição de mudas frutíferas todas as quartas-feiras, a partir das 18h na Orla Ferroviária entre a Avenida Mato Grosso e Avenida Calógeras.


Joana Lima DRT/MS 1540



Mês da Árvore é encerrado com distribuição de mudas na Orla Ferroviária

Encerrando as ações ambientais referentes ao mês da árvore, a Semadur (Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano) realizou Educação Ambiental Itinerante na Ocupação da Orla Ferroviária na noite de ontem (28) entre a Avenida Mato Grosso e Avenida Calógeras.

Durante todo o mês foram realizadas atividades tais como: plantio de mudas na Escola Municipal José Mauro Messias da Silva, formação continuada em Arborização Urbana, limpeza das águas da Lagoa Itatiaia e distribuição de mudas de árvores frutíferas pelo Departamento de Políticas e Sustentabilidade Ambiental da Semadur.
Na noite de ontem foram distribuídas cerca de 100 mudas de árvores frutíferas como pitanga, romã, carambola, acerola e goiaba cultivadas no viveiro municipal Flora do Cerrado.

Segundo Natalício Gonçalves, diretor do Departamento de Políticas e Sustentabilidade Ambiental da Semadur, todas as atividades foram acompanhadas por técnicos ambientais de forma a estabelecer uma cultura ambiental em favorecimento da cidade. “Ações ambientais realizadas neste mês proporcionaram à população a oportunidade de executar atividades práticas como o plantio e a orientação adequada ao cuidado das árvores”, afirma.

Aparecido José da Silva, 40 anos, artefinalista ressalta que é a segunda vez que vai até a Orla Ferroviária para buscar mudas frutíferas para plantar em seu quintal. “Acho excelente a iniciativa, no fundo do meu quintal há muito espaço que pode ser realizado o plantio de árvores, e isto que estou fazendo. Parabenizo a Prefeitura por disponibilizar diversas espécies de mudas”, destaca.

Segundo Tiana Rodrigues, 58 anos, do lar, toda a população deveria realizar mais atividades ambientais para melhoria da cidade como a arborização. “Gosto de ter pomar em casa, essa distribuição de mudas feita pela Semadur me auxilia muito. Também acredito que todos devem plantar árvores para garantirmos a melhoria na qualidade do ar e obter mais sombra na cidade”, pontua.

A Semadur segue com distribuição de mudas frutíferas todas as quartas-feiras, a partir das 18h na Orla Ferroviária entre a Avenida Mato Grosso e Avenida Calógeras.


Joana Lima DRT/MS 1540