quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Semadur apresenta ações de Educação ambiental no 2º dia Ocupação da Orla Ferroviária

No segundo dia de Ocupação da Orla Ferroviária, a Semadur (Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano) realizou na noite de ontem (16), atividades de Educação Ambiental com uso da unidade móvel. Os técnicos atuaram no trecho entre as ruas Dom Aquino e Cândido Mariano.

Durante a Ocupação, os visitantes puderam conhecer um pouco do trabalho produzido pela artesã Jane Arguello. No local também foram expostas lixeiras fabricadas com pneus. Houve, ainda, distribuição de mudas de árvores frutíferas como tamarindo, pitanga, goiaba, jabuticaba e acerola cultivadas no viveiro municipal Flora do Cerrado.

Filha de ferroviário, a cantora e musicista Lenilde Ramos, que se apresentou no segundo dia de ocupação da Orla Ferroviária, exaltou na oportunidade, com seu canto, esta iniciativa de revitalização daquele espaço público, cuja história está diretamente ligada ao desenvolvimento de Campo Grande.

Segundo Cristina Piccolo, chefe de Divisão de Fiscalização e Política Sustentável e Educação Ambiental da Semadur, a ocasião proporcionou uma nova visão do ambiente da Orla Ferroviária, demonstrando que o espaço pode ser utilizado de diversas formas, integrando ações de meio ambiente, cidadania e cultura.

“Quando a temática do meio ambiente caminha de mãos dadas com a cultura e a cidadania, a resposta positiva da população é instantânea. Isso é o que esse projeto da prefeitura propõe e já podemos observar resultados muito positivos”, afirma.

João Dalbian, 54 anos, empresário, acredita que atividades como esta realizadas durante a semana inibem ações de criminalidade no local. “É uma ótima iniciativa. Esta ocupação afasta usuários de drogas da Orla, moro aqui desde que nasci e é muito importante que a população freqüente mais, pois é um local histórico de Campo Grande”, destaca.




Maura Simões, arquiteta e urbanista parabeniza a Prefeitura pelas ações culturais e ambientais desenvolvidas. “É excelente esta proposta. As pessoas têm que valorizar mais os patrimônios que possuem. Achei o projeto fantástico”, afirma.

Na Ocupação da Orla Ferroviária também houve feiras de orgânicos, arte e de antiguidades, promovidas pela Sedesc (Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo, Ciência, Tecnologia e Agronegócio).
 

A Ocupação segue durante a semana com participação de diversas secretarias municipais. A Semadur retornará ao local, com atividades de Educação Ambiental, na próxima sexta-feira (19.08), das 17h às 22h entre as ruas Dom Aquino e Cândido Mariano. As ações são financiadas pelo BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento).
 

Fonte/Autor: Joana Lima DRT/MS 1540

terça-feira, 16 de agosto de 2016

1º Seminário “Interação das Tecnologias Sociais" está com inscrições abertas

A Prefeitura de Campo Grande abre, hoje (16), as inscrições para o 1º Seminário “Interação das Tecnologias Sociais com Comunidades Escolares, Perpectivas de Desenvolvimento Local”, a ser realizado no dia 29 de agosto no bloco C da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB). O objetivo do evento é promover a reflexão sobre a integração da comunidade escolar com a prática da tecnologia social, consolidando ações de cidadania, cultura e meio ambiente, com perspectiva de desenvolvimento local. O evento é aberto a universidades, secretarias municipais, profissionais da área da educação, meio ambiente e da cultura.

Para efetuar a inscrição, os interessados deverão preencher formulário de inscrição, disponível para download no site da Semadur, e ser enviado no endereço eletrônico tecsocial2908@gmail.com
 e/ou entregue pessoalmente entre os dias 16 e 26 de agosto na Divisão de Fiscalização e Política Sustentável e Educação Ambiental, sala 308, 3º andar, localizada na rua Cândido Mariano, nº 2.655, centro. O seminário terá certificação com carga horária de seis horas.
 
O evento é uma realização da Escola Municipal Fauze Scaff Gattas Filho, com apoio da Semed (Secretaria Municipal de Educação), Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano), Segov (Secretaria de Governo e Relações Institucionais) e Sedesc (Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo Ciência e Agronegócio), Fundação Banco do Brasil e UCDB.

Confira a seguir a programação do Seminário:

7h30 – Abertura – Atividade cultural
Apresentação musical: músicos Lenilde Ramos e Paulo Góes
8h - Palestra: “O encontro cidadão da tecnologia social com as comunidades escolares: um percurso poético, político, pedagógico – professor dr. Paulo Roberto Padilha (Instituto Paulo Freire/SP).
9h30 – Palestra: “A prática das tecnologias sociais como estratégia de aprendizagem coletiva e transformação social” – João Bezerra Rodrigues Júnior – Fundação Banco do Brasil – Distrito Federal – gerência de Parcerias estratégicas – Programas e projetos
11h – Apresentação de vídeo sobre o percurso exitoso da Escola Municipal Prof. Fauze Scaff Gattas Filho – Prêmio Finep 2010 em Tecnologia Social– 1º Lugar Região Centro Oeste.
12h – Encerramento



Fonte/Autor: Joana Lima MTE/ MS 1540